Ep. 55 - 5 Palavras que os portugueses usam a toda a hora

Ep. 55 - 5 Palavras que os portugueses usam a toda a hora
00:00 / 07:32

Ouvir no SpotifyiTunes ou Google Podcasts, ou ver o vídeo no Youtube

Neste vídeo aprendemos 5 palavras que os portugueses usam a toda a hora, e em que situações usá-las!

TRANSCRIÇÃO:

Olá a todos e bem vindos de volta ao Portuguese With Leo e a mais uma lição rápida de português.

Se são novos por aqui, o meu nome é Leonardo e nestas lições rápidas de português eu procuro ajudar-vos a melhorar o vosso português.

Hoje vamos aprender 5 palavras que os portugueses usam a toda a hora para que vocês consigam compreender melhor aquilo que os portugueses dizem e para que possam também começar a utilizá-las no vosso discurso em português.

As palavras que escolhi são usadas por pessoas de todas as idades e gerações, desde crianças até pessoas idosas, e podem ser usadas em quase todos os contextos formais e informais.

Antes de começarmos, o tema do episódio de hoje foi votado pelas pessoas que me apoiam no Patreon, e daqui para a frente planeio fazer uma vez por mês um episódio escolhido pelos meus patrons.

Por isso, se quiserem participar nas votações e ter acesso a outras regalias das quais eu vou falar com mais detalhe no final do episódio, sigam o link para o Patreon na descrição!

Começamos então com a palavra “pá”. Antes de mais nada, a palavra pá é o nome de um objeto que serve para escavar, “shovel” em inglês, mas neste caso estou-me a referir a uma outra utilização completamente diferente da palavra “pá”, que nada tem a ver com esse objeto.

“Pá” é basicamente um som que adicionamos no início, meio ou fim das frases, dependendo da forma como a estamos a usar, e muitas vezes até metemos um E antes, e dizemos: “epá”.

Esta palavra é tão comum que até existe um gelado da Olá chamado Epá.

Não existe uma regra específica, mas normalmente usamos a palavra “pá” como forma de chamar a atenção da pessoa com quem estamos a falar, ou pelo menos de nos referirmos a ela, como por exemplo: “buddy”, “dude” ou “man” em inglês. Por exemplo:

“Então pá, tudo bem?”

Ou então:

“Anda cá pá, tenho de te dizer uma coisa.”

A palavra “pá”, quando usada neste contexto de nos dirigirmos a alguém, não tem qualquer tipo de conotação. Tanto a usamos  de forma positiva, quando estamos felizes com a outra pessoa, por exemplo:

“És o maior, pá!”

Como em situações negativas, em que estamos chateados, por exemplo:

“Vai para o ca*****, pá!”

Também usamos “pá” como muleta de discurso, quando estamos a pensar naquilo que queremos dizer ou a dar uma opinião. Aqui muitas vezes dizemos “epá”.

Por exemplo, alguém faz-nos uma pergunta e não sabemos bem o que responder e dizemos:

“Epá… Não tenho a certeza.”

Ou então:

“Epá, acho que sim!”

Finalmente, o “pá” também é muito usado para expressar surpresa, e aqui, também usamos muito o “epá”.

Por exemplo,  alguém nos dá uma notícia surpreendente ou conta uma coisa de que não estávamos à espera, a nossa resposta pode ser:

 

“Epá, a sério?”

Ou então quando acontece alguma coisa no mundo real que nos surpreende ou assusta, como por um exemplo um carro que passa à nossa frente e quase nos atropela, podemos reagir com um “Epá!”

Claro, não se esqueçam de que, se a surpresa ou o susto forem muito grandes, em vez de dizer “Epá!”, soltamos mas é um alto e sonoro “F***-se!”

A segunda palavra é “tipo”, e mais uma vez é uma muleta de discurso, correspondendo ao “like” inglês tanto no significado como na utilização.

Utilizamos “tipo” como forma de descrever uma coisa de forma geral, demonstrando que as palavras que estamos a utilizar não são necessariamente as mais acertadas para descrever aquela coisa, mas são as únicas de que nos estamos a lembrar naquele momento. Por exemplo:

“O Patreon é tipo, uma plataforma onde as pessoas pagam uma subscrição mensal e tipo, apoiam os seus criadores de conteúdos preferidos.”

Como podem ver, não perco uma oportunidade para fazer publicidade ao meu Patreon.

A terceira palavra é “fixe” e esta é um clássico que significa que algo é bom, é positivo, é porreiro, é bacano. É o equivalente ao “cool” inglês ou à palavra “legal” no Brasil. Por exemplo:

“Este podcast é muito fixe”

Ou então

“O pessoal fixe está todo no Patreon do Portuguese With Leo.”

É engraçado, porque toda a minha vida a palavra “fixe” sempre teve para mim uma conotação “jovem”, mas a verdade é que é usada por pessoas de todas as idades, e é uma palavra tão antiga, que o meu bisavô que era artista, era pintor, tem um quadro dedicado ao seu amigo “fixe”. E o quadro é dos anos 30.

A seguir a “fixe” vem a palavra “bué”. “Bué” significa “muito” e, se vocês ouviram o episódio que eu fiz sobre o português de Angola, sabem que é uma palavra de origem angolana.

Esta palavra pode usar-se tanto sozinha:

“Ontem havia bué pessoas na rua”

Como seguida da preposição “de”, que muitas vezes até pronunciamos “da”, como na expressão “bué da fixe”:

“O Portuguese With Leo é um podcast bué da fixe para aprender português!”

Finalmente, a última palavra também é de origem angolana, e tal como a primeira de todas também tem apenas duas letras: “ya”.

A palavra “ya”, escrita Y-A, significa “sim”, e segundo o meu amigo Gerson de Angola, terá sido adotada do inglês “yeah” dos filmes americanos, e depois trazida para Portugal pelos angolanos.

Estas 2 últimas palavras, o “bué” e o “ya” são talvez as únicas que são menos usadas em contextos formais, e o “ya” usa-se, basicamente, em qualquer situação em que se queira dizer “sim”.

Por exemplo, se eu vos perguntar se gostaram deste episódio, a resposta de cada um de vocês pode ser:

“Ya, adorámos!”

E com esta concluímos, espero que tenham gostado e que tenham aprendido algo de novo.

Para acabar, um muito obrigado a todos aqueles que me apoiam no Patreon. A cada semana que passa mais pessoas se juntam, o que significa muito para mim e ajuda a tornar este projeto do Portuguese With Leo cada vez mais viável do ponto de vista financeiro.

No Patreon terão acesso à comunidade Portuguese With Leo no Discord, no qual falamos todos os dias em português sobre temas relacionados com Portugal, com a língua portuguesa, com a atualidade e com muitas outras coisas, terão a oportunidade de votar em futuros episódios do Portuguese With Leo, como é o caso do tema deste episódio, que foi decidido pelos meus Patrons, terão acesso aos vídeos e aos episódios uma semana mais cedo  e terão acesso a outros conteúdos exclusivos, tais como os bloopers das filmagens e um livestream mensal em que respondo a todas as vossas dúvidas e perguntas. 

O link está na descrição por isso vão dar uma olhadela, um abraço e até para a semana!

Voltar ao topo

Próximo episódio