Ep. 4 - As vantagens de aprender uma língua nova

Ep. 4 - As vantagens de aprender uma língua nova
00:00 / 14:50

Listen on SpotifyiTunes or Google Podcasts, or watch the video on Youtube

In this episode we will talk about the benefits of learning a new language, how it affects our brain, our way of thinking, and how it makes our lives richer!

We are also celebrating the fact that Portuguese With Leo has reached 1000 subscribers on Youtube! Thank you all for subscribing to the channel, and I encourage those of you who aren't subscribed to do the same by clicking here!

 

 

Neste episódio vamos falar sobre os benefícios de aprender uma língua nova, como isso afecta o nosso cérebro, a nossa forma de pensar e como enriquece as nossas vidas!

Também estamos a celebrar o facto de o Portuguese With Leo ter chegado aos 1000 subscritores no Youtube! Obrigado a todos por subscreverem ao canal, e encorajo aqueles de vocês que ainda não estão subscritos a fazer o mesmo clicando aqui!

TRANSCRIÇÃO / TRANSCRIPT:

Olá a todos e bem vindos a mais um episódio de Portuguese With Leo!


Antes de começar o episódio de hoje, eu tenho 2 coisas a anunciar. Na última semana o meu canal de Youtube ganhou muitos subscritores, e agora, enquanto estou a gravar este episódio, chegámos aos 1000 subscritores.


Chegar aos 1000 subscritores é uma grande meta que eu tinha e nunca esperei que fosse acontecer tão cedo, por isso, do fundo do coração, obrigado a todos vocês que estão subscritos a este canal, e espero mesmo que os meus vídeos e podcasts vos possam ajudar a melhorar o vosso português!

Aproveito também para pedir àqueles que me estão a ouvir no podcast para irem dar uma olhadela ao canal de Youtube e para subscreverem.

A segunda coisa que eu quero anunciar é que, pela primeira vez desde que comecei este projeto, recebi duas doações e por isso gostava de agradecer à Ana Macedo e ao Tom Rains pelas doações e pela sua generosidade.


Para aqueles de vocês que não sabem do que estou a falar, eu faço estes vídeos e podcasts para vosso benefício e com muito gosto, no entanto, é verdade que a criação de cada episódio destes me ocupa algum tempo e também gasto algum dinheiro.


Por isso, aqueles de vocês que quiserem apoiar financeiramente o projeto Portuguese With Leo podem fazê-lo doando a quantia que quiserem através do Paypal. O link para as doações está na descrição deste episódio e, se o puderem fazer, eu fico muito agradecido. 


Agora que estão feitos os anúncios vamos falar do tema de hoje, que é um tema que certamente vos interessa a todos. Vamos falar das vantagens de aprender uma língua estrangeira!


Vocês vêem os meus vídeos ou ouvem o meu podcast porque querem melhorar o vosso português, que não é a vossa língua materna. Isto significa que todos vocês falam pelo menos duas línguas: a vossa língua materna e o português, e eu tenho a certeza de que alguns de vocês falam mais línguas ainda.


Como já disse no meu episódio de introdução, eu sou um apaixonado por línguas e adoro aprender línguas novas. Adoro aprender palavras novas e até gosto de estudar gramática. Sim, é verdade! Pode parecer estranho, mas eu acho a gramática divertida e interessante, que é uma coisa que muito poucas pessoas acham interessante.


A verdade é que sou um grande nerd de línguas e divirto-me muito a estudar línguas estrangeiras, mas às vezes até a mim me falta a motivação para estudar uma língua estrangeira. Aprender uma língua nova obriga-nos a sair constantemente da nossa zona de conforto e obriga-nos a fazer um grande esforço mental, principalmente no início, quando ainda não estamos habituados à língua nova que estamos a aprender.


Se vocês viram o meu episódio introdutório sabem que eu apoio o método natural, segundo o qual devemos expor-nos ao máximo à língua que estamos a aprender. O ideal é vermos vídeos e ouvirmos música e podcasts na língua que estamos a aprender, mas isto nem sempre é fácil porque muitas vezes estamos demasiado cansados para tentarmos compreender uma língua que não dominamos.


De certeza que já vos aconteceu saberem que deviam estar a praticar português, que deviam estar ler, a ver ou a ouvir algo em português, mas estão demasiado cansados e decidem ler ou ouvir algo na vossa língua materna ou numa língua que seja mais fácil para vocês. Acontece-nos a todos e é perfeitamente normal. Estudar línguas estrangeiras requer uma grande força de vontade, por isso neste episódio eu quero tentar ajudar a motivar-vos um pouco mais a aprender o português, e por isso vamos falar das principais vantagens de aprender uma língua estrangeira.


Para começar, vou falar das vantagens que estão relacionadas com a nossa saúde mental, com a saúde do nosso cérebro.

 

Muitos estudos científicos demonstram que aprender diferentes línguas aumenta a resistência do nosso cérebro a formas de demênciaDemência é a categoria de todas as doenças mentais que afetam a nossa memória e o nosso raciocínio, ou seja, a nossa capacidade de pensar. Normalmente estas doenças aparecem de forma progressiva e com a idade, ou seja, aparecem quando somos mais velhos.


A forma de demência mais comum e mais conhecida é o Alzheimer, que é a doença que nos faz perder a memória. Muitos estudos demonstram que pessoas que falam duas ou mais línguas têm menor probabilidade de ter Alzheimer, ou então, se têm Alzheimer, a doença aparece mais tarde na vida.


Outro efeito positivo que a aprendizagem de línguas tem na saúde do nosso cérebro é na recuperação de um acidente vascular cerebral. Um acidente vascular cerebral, também conhecido como AVC, ou em inglês stroke, ocorre quando uma parte do nosso cérebro deixa de receber sangue. Ao deixar de receber sangue, esta parte do cérebro não recebe oxigénio e fica danificada.


Estudos demonstram que, das pessoas que sofrem AVCs, aqueles que falam duas ou mais línguas normalmente recuperam melhor e mais rápido.


Atenção, eu não desejo que nenhum de vocês sofra um AVC ou Alzheimer, mas é bom saber que, ao estudarmos línguas estrangeiras, os nossos cérebros estão mais protegidos contra estas doenças, e eu espero que o vosso estudo do português ajude a manter os vossos cérebros o mais saudáveis possível.


Para além de a aprendizagem de línguas ajudar a combater estas doenças, está demonstrado que as crianças que crescem com duas ou mais línguas aprendem a pensar em dois sistemas diferentes, o que aumenta a sua flexibilidade cerebral.


Por exemplo, uma criança com um pai francês e uma mãe alemã cresce com estas duas línguas, o francês e o alemão, o que significa que aprende a falar, a ler, a escrever, a pensar nestas duas línguas e aprende a trocar entre uma e outra rapidamente e quase sem esforço, o que aumenta muito a sua flexibilidade cerebral.
Normalmente estas crianças conseguem raciocinar mais rápido, conseguem aprender coisas novas mais rápido e conseguem trocar entre diferentes tarefas mais rápido, ou seja, são melhores a fazer multitasking.


Mas não pensem que isto só acontece com as crianças! A boa notícia é que, mesmo quando aprendemos línguas mais tarde na nossa vida, continuamos a beneficiar destas vantagens e a desenvolver o nosso cérebro, apenas somos um pouco mais lentos do que as crianças.


Finalmente, outros estudos mostram que aprender línguas estrangeiras tem um efeito positivo na nossa criatividade.


Bom, agora que já falámos das vantagens mais científicas de aprender uma língua estrangeira, vamos passar para a vantagem mais prática, mais óbvia e aquela pela qual muitos de vocês certamente decidiram começar a aprender o português. A principal vantagem de aprender uma língua estrangeira é que conseguimos comunicar com outras pessoas que de outra forma não conseguiríamos entender.


Imaginando que vocês vêm dos Estados Unidos ou do Reino Unido ou da África do Sul, por exemplo, e vêm para Portugal, vocês só vão conseguir comunicar com as pessoas que falam inglês. No entanto, se vocês vierem para Portugal a saber falar português, vão conseguir comunicar com todas as pessoas.


A um nível mais básico, isto é essencial quando queremos fazer tarefas como ir ao supermercado ou quando queremos pedir informações, e para fazer estas tarefas nem sequer precisamos de um grande nível de língua, basta saber o básico. Mas quando conseguimos falar a língua cada vez melhor, conseguimos comunicar com as pessoas a um nível cada vez mais profundo. Deixamos de ser apenas capazes de pedir informações básicas e passamos a ser capazes de falar sobre o nosso dia, sobre o dia da outra pessoa, falar sobre acontecimentos interessantes no mundo, sobre o nosso trabalho, sobre os nossos hobbies, etc.


Quanto mais aprendemos uma língua, mais somos recompensados porque se abrem as portas para um mundo novo, com palavras novas, pessoas novas, música, filmes, séries, literatura nova.

 

A verdadeira beleza de aprender uma língua acontece quando conseguimos ter conversas interessantes, filosóficas e profundas com outra pessoa nessa língua, quando sentimos que a barreira da língua já não existe e a conversa flui de forma natural. Quando isto acontece, conseguimos conectar com pessoas novas e com uma cultura nova a um nível mais profundo, o que é uma sensação fantástica.

 

Uma citação de Nelson Mandela que explica isto muito bem e de que eu gosto muito é a seguinte:

“If you talk to a man in a language that he understands, that goes to his head. If you talk to him in his own language, that goes to his heart”.


Em português:

"Se falares com uma pessoa numa língua que ela percebe, isso vai para a sua cabeça e se lhe falares na sua própria língua, isso vai para o seu coração”.


Para acabar quero deixar-vos com uma história pessoal que ilustra muito bem como aprender línguas novas nos permite comunicar com as pessoas a um nível mais profundo mais pessoal.
Eu aqui utilizei a palavra “ilustra”. Ilustrar significa demonstrar, exemplificar ou ilustrate em inglês, e a história que eu vos vou contar ilustra precisamente a importância de aprender línguas.


Em 2014 eu fui viver para Itália, para Roma, como parte dos meus estudos. Na altura eu não falava italiano, mas era uma língua que me interessava muito e por isso, no verão antes de partir, comecei a aprender o básico do italiano.


Quando cheguei a Roma apercebi-me de que o meu italiano básico só servia para ir ao supermercado ou para pedir indicações, e por isso, se eu queria entender o que era dito nas aulas e comunicar com os meus colegas de faculdade, eu tinha de melhorar o meu italiano.

 

No início eu não conseguia comunicar com os meus colegas de faculdade, não conseguia estabelecer relações com eles nem falar de coisas interessantes. Se eles diziam uma piada eu não percebia e sentia-me quase um bebé a falar.


Ao longo do meu ano em Roma fui-me esforçando para melhorar o meu italiano e fiquei muito feliz em ver a diferença do meu nível de comunicação com as pessoas. Quando o meu italiano melhorou, dei por mim a falar de temas interessantes com as pessoas, a conhecê-los a um nível mais profundo e a entender as suas piadas.

 

Esta sensação de comunicar com uma pessoa de outro país como se a barreira da língua não existisse é uma sensação fantástica, e espero que este episódio de hoje e esta minha curta história pessoal vos tenham dado mais motivação para continuarem a melhorar o vosso português.

Se este episódio vos motivou, por favor enviem um email para leo@portuguesewithleo.com a dizer como é que tem sido a vossa experiência a aprender o português. Se sentem que a barreira da língua ainda é muito grande ou se já conseguem comunicar com mais facilidade com os falantes nativos de português. Digam também se acharam que me faltou falar de alguma coisa sobre este tema e enviem quaisquer dúvidas que tenham ou temas que queiram sugerir.


E se quiserem apoiar o projeto Portuguese With Leo financeiramente, sigam o link na descrição deste episódio para fazerem uma doação. Muito obrigado e até à próxima!

Back to top

Next episode