Ep. 1 - Um café e um pastel de nata

Ep. 1 - Um café e um pastel de nata
00:00 / 12:36

Listen on SpotifyiTunes or Google Podcasts, or watch the video on Youtube

In this first episode we will talk about the most famous and delicious Portuguese pastry: the pastel de nata! Where did this little piece of heaven come from and where can we find the best ones?

We'll also talk about one of the most important beverages in Portugal and the perfect accompaniment to the pastel de nata: we'll talk about coffee, where it came from and the many different ways that we like to have it here in Portugal.

 

Neste primeiro episódio vamos falar sobre o mais famoso e mais delicioso doce português: o pastel de nata! De onde é que esta pequena maravilha apareceu e onde é que podemos encontrar os melhores pastéis?

Também vamos falar sobre uma das bebidas mais importantes em Portugal e o acompanhamento perfeito para o pastel de nata: vamos falar sobre o café, de onde é que veio e das várias maneiras que há de beber café em Portugal.

TRANSCRIÇÃO / TRANSCRIPT:

Bom dia a todos e bem vindos ao primeiro episódio do podcast Portuguese With Leo!

 

Bem vindos ao meu podcast! Se é a primeira vez que me estão a ouvir, sugiro que ouçam o episódio zero, em que eu explico um pouco em inglês como funciona este podcast e como é que o podem usar para melhorar o vosso português. Se já ouviram o episódio zero, então podemos começar.


A melhor forma de começar é a falar de comida, e não há nada mais delicioso nem mais português do que um pastel de nata acompanhado de uma bica. O que é um pastel de nata? O que é uma bica? Vamos descobrir neste episódio!


Primeiro vamos começar com o pastel de nata. Muitos de vocês provavelmente já sabem do que estou a falar, mas para os que não sabem, o pastel de nata é o doce mais famoso de Portugal e provavelmente um dos mais deliciosos do mundo. No ano 2009 (na gravação eu faço um erro e digo 2019, mas o ano correto é 2009) a revista inglesa The Guardian colocou o pastel de nata na sua lista das 50 melhores comidas do mundo. E no ano 2011 o pastel de nata foi considerado uma das 7 maravilhas gastronómicas de Portugal. Mas de onde é que vem este incrível doce, e será que o podemos fazer em casa?


Antes de mais nada, o que significa pastel de nata? A palavra pastel significa um pequeno bolo feito com massa de farinha e outros ingredientes. Equivalente à palavra pastry em inglês. O plural de pastel é pastéis e o sítio onde se vendem bolos e pastéis chama-se pastelaria. A segunda parte do nome pastel de nata é nata. Nata é a gordura do leite, tem cor branca e é muito utilizada para fazer bolos. Em inglês diz-se cream.


Então como é que se fazem estes maravilhosos pastéis? Os principais ingredientes para fazer o pastel de nata são leite, farinha, ovos, açúcar e manteiga. São ingredientes simples e hoje em dia é possível encontrar várias receitas de pastéis de nata na internet e qualquer pessoa consegue fazer pastéis de nata em casa.


No entanto, fazer pastéis de nata é uma arte e os melhores pastéis de nata do mundo só existem num sítio. Este sítio chama-se Fábrica dos Pastéis de Belém, está localizado em Lisboa e é o lugar onde o pastel de nata foi inventado. Os pastéis de nata neste sítio chamam-se pastéis de Belém e a receita é a mesma desde que o pastel de nata foi inventado há quase 200 anos.


Para conhecermos a história dos pastéis de Belém, voltamos atrás no tempo para 1820, quando se deu em Portugal a Revolução Liberal. Antes da Revolução Liberal, o Rei detinha o poder absoluto e depois da revolução foi criada a primeira Constituição, o primeiro Parlamento e o Rei passou a ter menos poder. Seria necessário um episódio inteiro só para falar desta revolução e das suas consequências. Por isso, se quiserem um episódio sobre a Revolução Liberal ou sobre outro evento histórico específico enviem um email para leo@portuguesewithleo.com.


De volta aos nossos pastéis de Belém: uma das consequências da Revolução Liberal foi o encerramento de todos os mosteiros e conventos em Portugal, o que significa que os membros do clero ficaram sem trabalho.


O que é o clero? O clero é o conjunto dos sacerdotes ou membros responsáveis de uma religião. Em Portugal a religião principal é o cristianismo e os membros do clero eram os padres, os bispos, os frades, etc.


Ora depois do encerramento de todos os conventos e mosteiros de Portugal, os membros do clero ficaram sem forma de ganhar dinheiro. Então os frades de um mosteiro chamado Mosteiro dos Jerónimos começaram a fabricar pastéis feitos de gema de ovo e açúcar para vender à população. O mosteiro estava localizado numa zona portuária com muitos visitantes que chegavam de vários lugares do mundo, por isso, os pastéis rapidamente se tornaram famosos e foram um sucesso.


Desde esses tempos, a receita do pastel de Belém foi transmitida de geração em geração até aos dias de hoje e só os mestres pasteleiros que o fabricam artesanalmente é que sabem a receita.


Hoje em dia estes pastéis atraem milhares de pessoas todos os dias. Formam-se filas muito longas à porta e são vendidos cerca de 20 mil pastéis por dia. 20 mil! No Verão, este número chega aos 50 mil pastéis, o que é verdadeiramente impressionante! E a verdade é que, apesar da longa fila, o pastel de Belém é fantástico e vale muito a pena. Mas o que é que tomamos para acompanhar o pastel de nata?


Qualquer português que se preze vos dirá para acompanharem o pastel de nata com um café e alguns até vão a usar a palavra bica em vez de café. Aqui eu usei uma expressão engraçada: eu disse “qualquer português que se preze”. O verbo prezar significa respeitar, ter em consideração; e a expressão “que se preze” significa alguma coisa que tenha valor ou que mereça respeito. A expressão “qualquer português que se preze” poderia ser traduzida em inglês como any Portuguese worth their salt.


Voltando ao café, eu disse-vos que alguns portugueses usam a palavra bica para falar do café. Mas de onde é que vem a palavra bica?


Tal como o pastel de nata, o café surgiu em Portugal no século XIX e no início do século XX, em 1905 abriu em Lisboa um dos cafés mais emblemáticos do país chamado A Brasileira, que vendia café do Brasil. Ah, o que significa emblemático? Emblemático significa algo que é importante, que é icónico. Em inglês diz-se emblematic ou iconic.


Ora, existem 2 lendas para a origem da palavra bica. A primeira diz que quando o café chegou a Portugal, os portugueses achavam o seu sabor muito forte e amargo. Para dar a volta ao problema, no café A Brasileira foram colocados cartazes que diziam Beba Isto Com Açúcar. Ora, as iniciais de Beba Isto Com Açúcar, B-I-C-A, formam a palavra bica.


A segunda lenda também tem lugar no café A Brasileira, e segundo esta explicação o café era servido de uma torneira chamada bica. Por isso, quando os clientes chegavam ao café pediam café da bica e mais tarde passaram a pedir apenas uma bica.


Sabendo isto, significa que quando vocês vierem a Portugal e quiserem pedir um café basta pedir uma bica, certo? Infelizmente, não é assim tão simples e há muitos tipos de café em Portugal e agora vamos ver exatamente quais é que são os diferentes tipos de café que se podem servir em Portugal.


Não se esqueçam que eu acompanho este podcast com vídeos no Youtube, por isso, se quiserem ver imagens dos vários tipos de café de que eu vou falar, recomendo irem ver o vídeo do Youtube no canal Portuguese With Leo.


A primeira coisa que devem saber é que aqui em Portugal consideramos o verdadeiro café como um copo pequeno e forte, aquilo que é conhecido a nível internacional como espresso. Portanto, se pedirem um café ou uma bica o mais provável é que vos sirvam um espresso. Mas a bica não é o único tipo de café em Portugal.


Se vocês acharem a bica muito curta para o vosso gosto e quiserem a chávena de café cheia até cima, podem pedir um café cheioSe quiserem o café servido numa chávena grande podem pedir um abatanado, ou então um americano, como é conhecido internacionalmente.


Se, por outro lado, quiserem umas gotinhas de leite na vossa bica, têm de pedir um café pingado, e se quiserem um café com leite servido numa chávena grande, então pedem uma meia de leite. Mas atenção, se quiserem o café com leite servido num copo e não numa chávena, então têm de pedir um galão.


Se tiverem dificuldades a dormir, o melhor é pedirem um descafeinado, que é um café com muito pouca cafeína. E se o sabor da bica for muito forte para vocês, então peçam um carioca. Um carioca é um café curto tirado com as borras de um café que já foi tirado anteriormente. Na prática é uma bica menos forte.


Finalmente, se quiserem uma bica com um pouco de álcool, basta pedirem um café com cheirinho, e é adicionado um pouco de brandy ou aguardente ao vosso café.


Bem, depois de falar dos pastéis de nata e de todos os tipos de café, fiquei mesmo com água na boca. Ficar com água na boca é uma excelente expressão para dizer que ficámos com um enorme desejo ou vontade de comer alguma coisa. Neste caso eu fiquei com água na boca porque fiquei com vontade de tomar um café e comer um pastel de nata.


Para todos vocês que tiverem oportunidade de vir para Lisboa, recomendo vivamente que vão provar os pastéis de Belém na Fábrica dos Pastéis de Belém e a bica no café A Brasileira. No entanto, se não tiverem oportunidade de ir a estes lugares ou não quiserem enfrentar filas muito longas, qualquer café em Portugal serve um bom pastel de nata por 1 euro e uma boa bica por apenas 60 cêntimos. É verdade, esta combinação maravilhosa custa apenas 1 euro e 60 cêntimos!


De resto, espero que tenham gostado deste delicioso episódio de Portuguese With Leo. Se tiverem dúvidas, perguntas ou sugestões, enviem um email para leo@portuguesewithleo.com. E se me estiverem a ouvir no iTunes peço-vos que me apoiem deixando uma review de 5 estrelas ou um comentário. Muito obrigado e até à próxima!

Back to top

Next episode

  • YouTube
  • Spotify
  • Icon Apple
  • Icon Google Podcasts
  • Instagram
  • Facebook

COPYRIGHT © 2020 - portuguesewithleo.com